Monday, May 17, 2010

12 RaidBTT - Alvalade PortoCovo

Boas. No passado domingo aconteceu o 12º Raid BTT entre Alvalade e Porto Covo. É um passeio sem cronometro de 70km, ou 120km, para os durões com retorno a Alvalade.

Eu, bem fiz isto em 4h15 de tempo total, cerca de 3h40 a pedalar, velocidade máxima de 63km/h a uma média de 19km/h. Foi uma boa prova, tendo em conta como me sentia na quinta e sexta feira. Mas, convém dizer que não existe termo de comparação com a Meia Maratona de Portalegre. Isso ai mata um gaijo todo... Isto é mais uma prova classica, sendo caracterizada por uma prova suave com caminhos em estradões de areia, às vezes até demais, e subidas ligeiras ( não sei de que queixavam certos gaijos).

Foi a minha primeira participação, vou tentar no futuro participar de novo. Chegada a Alvalade perto das 8h da manha, para levantamento dos dorsais, o meu, do Gonçalo e do primo, que me avisaram que iam no dia anterior...


Tudo bem organizado: para levantamento dos dorsais, locais numerados para um mais rapido levantamento; para o pequeno almoço, parecia uma mesa de casamento com sumos, aguas, barras, bolos, etc.. O vinha desta vez como oferta, a t-shirt da praxe, um tapa-sol para o tablier do carro, uns vales de desconto em abastecimentos e 20% de produtos garmin numa loja, dois pacotes de arroz e ainda tavam a dar latas com salsichas; O precurso bem marcado, com umas setas nos locais onde virar, bem identificadas; Abastecimentos maravilhas, 4 para os 68km do raid, todos eles com aguas, laranjas e bananas, outro com sumos e bolos, e ainda um na Barragem de Campilhas com SANDES DE CARNE ASSADA... Só comi metade, deixei o resto para o final.. O pessoal que ia aos 120 tinham 8 abastecimentos, e dois apoios mecânicos.


Na partida eramos cerca de 1500, mais uma vez, tudo ao molho e fé em Jesus. Nestas coisas gosto de ficar cá para trás para evitar contactos de pedais e rodas e mais algumas coisas.

Passados poucos kilometros, o primeiro atascanso... O pessoal para passar uma amostra de ribeiro de agua, queria passar por cima de umas paletes, mas não cagarem a bike. Eu para não fugir a regra, fiz o mesmo... Deu para perder uns bons 5m.


Nos abastecimentos parava-mos sempre a espera do primo do Gonçalo, que vinha 1m ou dois atrás de nós.

Cerca do km52, resolvi fazer-me a vida sozinho, deixado o Gonçalo a acompanhar o primo, que já tava a ser atacado por um bicho de nome caimbras...

Aqui, era onde estava mais ou menos a subida maior deste raid, e apetecia-me fazer a minha velocidade, pois um gaijo a parar quebra o ritmo. Depois, era (quase) sempre a descer até Porto Covo. Por azar, ao descer, entramos num single track, parecia vindo da Amazónia. Tivemos que fazer isto devagar, devido ao aglomerado de gente. Ainda por cima, o pessoal tava todo a parar por causa de uma pocinha, que vá, dava até ao joelho e passava tudo ao lado, com cuidado... eu também... Mais a frente um gaijo caiu, 6 pessoas a minha frente, e esses tiveram a ver se o senhor estava a sentir-se bem.

Saimos daqui, e por mistos de alcatrão e estradoes foi sempre a dar... Fiz estes últimos 20km sempre a dar gás. Parecia aqueles gaijos armados em campeões que às vezes passam por mim...

Ouve um ponto, ja quase a chegar a zona da praia, o Sr Mário da bikezone, encontra-me visto que parecia um foguete a passar por ele... Vá, tava a abrandar, pois tava uma ventania de frente.. a partir daqui fui sempre com ele até Puerto Cuevo..


Aqui, o gaijo que já me enganou duas vezes...


De referir que o jovem Vitor Gamito fez apenas 4h30 os 120km. Deve ter ido a atalhar, e pelo que contam com nota artistica, pois deu um duplo mortal no single track da Amazonias..

Mapa de altimetria, que arranjei na net, visto que o meu gps não tinhas pilhas...


Por fim, o mapa da zona percorrida:

(Clicar para aumentar)

Quero agradecer aqui ao Sr. V. e a Sra. V. por nos terem disponibilizado a sala para dormir, assim como a comidinha da dona B., e a companhia da M. mas aviso que não agarro ninguem ao colo...nem mudo fraldas....

7 comments:

VITOR said...

ok deve ser fixe para o ano pode ser que consiga ir...esse Vitor Gamito precisa de uma ensinadela...

cadu1981 said...

eu deixei o gaijo ficar para traz, penso que tenha sido ele que ultrapassei quando ia para alvalade, antes da prova...

Anonymous said...

Da próxima vez que forem a Puerto Cuevo vai pegar na M e a partir daí vais ver que é muito fácil...até pedes para mudar a fralda.

Srª. V

cadu1981 said...

Sra V. quando isso acontecer, espero que ela já nao use fraldas....

VITOR said...

oh Cadu
na foto que pareces um "moço forcado" estavas em apeneia? não estavas??? eheheheh

Cromossoma X said...

:) que fixeeeeeeeeee

cadu1981 said...

Cromossoma, se fosses tu com o rabinho la em cima ja na dizias isso...