Wednesday, June 1, 2011

Rescaldo 13º Alvalade - Puerto Cuevo

Pela segunda vez participei no Alvalade - Porto Covo. 70km.


Encontrei uns amigos cá de Setúbal, e iniciei o Raid com eles. Mas primeiro ainda vimos cerca de 1500 pessoas passar a frente. Isto porque os meninos decidiram partir no fim! Começado o pedalanço, fomos a uma velocidade de prai 15km ou menos, sempre nas calmas, os primeiros 10km prai em alcatrão. Era só pessoal a passar por nós!!!


O primeiro abastecimento foi feito aos 21km. Até aqui demoramos cerca de 1h30. Aqui perguntei a um desses amigos de Setubal como é que era, se ia-mos acelerar até ao proximo abastecimento. Ele disse que sim ,e arrancamos. Este era ao km40, e foi sempre a dar na burra. ISto deu cabo de mim. Demoramos 51m a fazer os 20km!!!

Chagando ao abastecimento da barragem de campilhas, onde existe as famosas sandes de carne assada, bebi um suminho e comi um bolinho, guardei a sandocha no camel back, e lá fui eu à minha vida.


O próximo abastecimento foi ao km47, e foi onde me começaram a aparecer as caimbras. É lixado esta porcaria, visto que a partir daqui é que tava o pior do traçado. Subir e descer, subir e descer, alguns 2km atrás de uma ambulância. subir e descer!


A partir dos 50km, começaram as caimbras em força. Sabia que se parasse, ao esticar a perna para a pousar no chão, iria sofrer. E foi isso que aconteceu duas vezes, em ambas as pernas ao mesmo tempo! Horrivel mesmo. Então pah, tás bem? Tou tou, só uma caimbra, aliás, duas!!! mas isto passa!!!!!

Um destes pontos foi ao subir para a serra do cercal. Ouvi: "Epah, agora é sempre a descer... " tá bem tá!!


Ao passar pelo famoso trilho, Amazonia, um transito do caraças para passar! Andavamos 3 metros, parava-mos 3 minutos. Assim foi durante prai uns 25m... Afinal o que era? o mesmo local do ano passado, mas com mais agua! E os maricas, a passar assim:



Se eu soubesse que era assim tão baixo, tinha passado nem que fosse à mão, mas quando foi a minha vez, nem um passou assim! Pensava que tivesse agua até a cintura!!!


Passado este obstáculo, tivemos ainda mais um pouco de um trilho apertadissimo, onde só passava uma pessoa. Depois foi sempre a pedalar até Puerto Cuevo.


A partir daqui o terreno era sempre areia. Olhava para o GPS e marcava 62,1km. Olhava outra vez, 62,5. Pedalava mais um pouco, com vento de frente, 62,8km. Porra, os km's nunca mais passavam. Até que chegamos a costa, em frente a Ilha do Pessegueiro. A entrada era num local diferente este ano! Iríamos passar pelo vale.

Lá à minha espera estava a São e o Vitor. Pena que tivessem ido para lá as 11h da manha. Pensavam que eu era o Gamito ( 120km em 4h17). Resultado: bronze à camionista e eu sem aparecer. Entretanto passaram centenas de pessoal, gaijas, pessoal em bikes de 2 lugares, e nada de Carlinhos... A subida para a vila foi feita na boa. Só não foi a sacar porque não sei...


Ao fim de 5h05m, lá apareço eu... 120km, 4h15m a pedalar, 4500 calorias á vida ( logo repostas em casa do Sr. Ze e Anabela). Em conclusão, estive muito fraquinho, aquelas caimbras deram cabo de mim, o que não aconteceu o ano passado. Ainda por cima para um raid tão rolante. Muita gente, 1900 pessoas é obra. Abastecimentos bem bons, a sandocha no regresso a casa estava pouco boa estava. A chegada a Puerto Cuevo bem boa. Quando fomos buscar o carro as 16h ou 17h, ainda havia corajosos a fazer os 120km. Talvez um dia...

Detalhes aqui:


No comments: